5 motivos para aliar seu treino de corrida ao de musculação

5 motivos para aliar seu treino de corrida ao de musculação

Não é novidade pra ninguém que quem corre pre-ci-sa praticar musculação para fortalecer os músculos e evitar lesões. Por isso hoje eu convidei a minha superprofessora da academia, Grasiane Pereira, bacharel em Educação Física, para escrever sobre o assunto. Confira ali embaixo os 5 motivos para aliar seu treino de corrida ao treino de musculação.

 

5 motivos para aliar seu treino de corrida ao de musculação

grasiane pereiraPor Grasiane A.Pereira,
Bacharel em Educação Física, profissional da Fitness Point Academia

Sabe-se que a prática regular de atividade física traz benefícios à qualidade de vida e ao bem-estar do praticante. Este é um dos motivos que levam muitas pessoas a praticarem a corrida, além de ser uma modalidade “de fácil acesso”. Porém, grade parte dos praticantes negligenciam a orientação de um profissional qualificado, e é nesse momento que as lesões aparecem – a desmotivação também.

Qualquer modalidade que a pessoa deseja praticar deve ser orientada por um profissional competente, e a corrida também! Por se tratar de uma prática inerente à vida humana, as pessoas acreditam que qualquer um saiba correr. Engano! Para a prática da corrida é necessário treinamento e o mínimo de preparo físico para que não ocorram lesões musculares, articulares e ósseas.

  1. Fortalecimento muscular

    O fortalecimento muscular evita lesões musculares (cãibras, estiramentos, lacerações) por diversos fatores. Tem como objetivo tornar os músculos mais fortes e mais resistentes para facilitar a carga da prova. Portanto, quanto mais fortes ou resistentes seus músculos forem, mais você vai suportar o esforço da competição ou dos treinos e mais fáceis as provas se tornarão.

  2. Preservação de articulações e ossos

    Na corrida, as articulações sofrem com o impacto da atividade. O treinamento resistido (musculação) colabora para o fortalecimento muscular que estabiliza as articulações; reduz a ação sobre as bursas ou bolsas sinoviais (bursas são bolsas com líquido sinovial, encontradas entre ossos, tendões, ligamentos e músculos para facilitar o deslizamento entre eles) evitando as bursites; fortalece as treliças ósseas fortalecendo os ossos evitando a ocorrência de fraturas; fortalece os tendões e ligamentos reduzindo possíveis frouxidões ligamentares reduzindo a possibilidade de entorses e as temidas tendinites.

  3. Resistência ou potência muscular

    É preciso que você faça um tipo de treino direcionado para o tipo de prova que você pretende competir. O mínimo de força é necessário para todos os tipos de competidores, entretanto o tipo de treino deve estar relacionado com a modalidade que você escolher correr. Converse com o profissional da sua academia de musculação, para que ele possa fazer os treinos cuidadosamente para as suas necessidades. E, por favor, entenda que cada indivíduo terá um treino diferente – mesmo que o seu objetivo seja o mesmo da sua colega, o treino pode e provavelmente será diferente.

  4. Equilíbrio de força e postura

    Com toda a correria e estresse do dia a dia, acabamos por não nos preocupar com a postura corporal. Isso é péssimo, pois acabamos causando um desequilíbrio entre força muscular e alongamento (relaxamento) excessivo de músculos extremamente importantes para a estabilização da coluna. Na musculação, o profissional irá analisar todas estas variáveis e montará o treino ideal para você, para ajustes posturais e fortalecimento de musculaturas específicas para a modalidade que você escolher.

  5. Reabilitação

    Caso você não tenha tido acesso a estas informações anteriormente e por causa disso tenha tido alguma lesão, NÃO DESISTA! A musculação tem como objetivo reabilitar funções motoras. Portanto, caso tenha se machucado, procure um bom profissional (médico) que o indique para a fisioterapia e/ou para a musculação. A reabilitação e o fortalecimento muscular vão ajudar você a retornar às pistas o mais breve possível.

Carolina Spricigo

Jornalista, assessora de imprensa, gestora de marketing digital, gestora de conteúdo, blogueira do Mulheres na Pista, corredora e mãe do Bernardo. Feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *