Dicas para começar a correr! Confira!

Dicas para começar a correr! Confira!

O ano agora começou de verdade para muita gente só agora que passou o carnaval, né? Então está na hora de colocar em prática algumas resoluções de ano novo, como praticar alguma atividade física. Então quem sabe seja a hora de começar a correr?

Gostou da ideia? Então vem ver algumas dicas para praticar esse esporte apaixonante.

Mas afinal, como começar a correr?

Pensando em quem nunca experimentou praticar corrida de rua que reuni aqui algumas dicas. Mas a mais importante de todas é: respeite seu corpo e sempre procure ajuda de um profissional de educação física.

Revezar corrida e caminhada


Que tal começar revezando corrida e caminhada? Se você se propôs a fazer 10, 20 minutos de atividade – na esteira ou na rua mesmo – defina um tempo para caminhar e outro para correr.

Vale começar com um minuto caminhando e meio minuto correndo. Se achar que é muito, diminua o tempo de corrida e aumente o de caminhada e vá assim até terminar o período de treino.

Aos poucos, quando sentir que seu corpo consegue e aumentar a sua resistência, aumente o tempo de corrida e vá diminuindo o de caminhada.

Vale sempre contar com a ajuda de um professor de educação física, assessoria de corrida para começar e melhorar seu desempenho.

Usar roupas apropriadas


Correr exige roupas confortáveis e leves. Para as mulheres, preste a atenção aos tops que usa. Ele deve ter sustentação para não sentir desconforto, mas não deve apertar.

Use um shorts ou bermuda – não tenha vergonha do seu corpo! O importante é estar confortável. E se você sentir que as pernas batem uma na noutra, use vaselina sólida entre elas para não ter assaduras.

Camisetas leves também são importantes. As meias, dê preferência para materiais sintéticos e não para as de algodão. E não esqueça de também proteger a cabeça com bonés e viseiras.

O tênis usado para correr também deve ser o mais confortável possível. Vale até tentar usar um número maior. E na hora de comprar, não tenha vergonha de dar aquele trotezinho na loja.

Fazer fortalecimento


Importante também é, ao mesmo tempo que treina corrida, procurar fazer treino de fortalecimento. Vale a boa e velha musculação. Mas outros treinos também ajudarão a fortalecer seu corpo, articulações e músculos, para a prática da corrida com menos riscos de lesão.

Afinal, depois que você se apaixonar pela corrida, não vai querer parar tão cedo!

Procure incentivos


Cada um tem sua forma de achar incentivos. Uma boa música, amigos para correr junto… Roupas novas também são incentivos para a gente não matar treino, né?

Aumentar o tempo que você corre, distâncias, uma prova meta. Sim, acredite, se inscrever para participar de uma prova de corrida de rua pode ser uma ótima forma de se incentivar a seguir treinando.

Aliás, se você já treina e nunca participou de uma prova de corrida, fica a dica: participe! Quando você chegar lá, ver tanta gente reunida para participar de uma corrida, o clima, o kit e a medalha ao fim de todo o esforço, vai ver o quanto é bom correr!

Não desistir!


A última dica é: não desista. Não será fácil. Você vai precisar se esforçar e se dedicar para ver os resultados – sejam eles na balança, no tempo, na distância.

Mas eles chegarão, e valerão a pena. E, de quebra, você ainda corre o risco de se viciar numa coisinha chamada endorfina – a substância liberada pelo seu corpo quando você pratica atividade física.

Fernanda Lüttke

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *