Leitor na Pista: Cleiton Luiz Tamazzia e Rodrigo Tamazzia

Por Antônio Tomaz (especial para Mulheres na Pista)

Garth Brooks, um dos maiores cantores country do mundo, diz em sua canção “Standing Outside The Fire” que “a vida não é experimentada, apenas se sobrevive se você fica fora do fogo”. Os primos Cleiton Luiz Tamazzia e Rodrigo Tamazzia não ficaram fora do fogo, decidiram arriscar e deram uma lição de amizade, esforço e superação. Os dois correram juntos os cinco quilômetros da Corrida e Caminhada da IOT, no último domingo, 20 de setembro. Até aí, tudo normal, não fosse o fato de Cleiton ter empurrado a cadeira de rodas do primo, que há 10 anos, após um acidente, perdeu os movimentos das pernas.

Se o calor que fazia e os cinco quilômetros com a subida da Marquês de Olinda no percurso em uma cadeira de rodas comum, sem nenhuma adaptação para corrida, já não fossem obstáculos suficientes para os primos Tamazzia, pouco depois de 200 metros da largada um dos eixos da cadeira quebrou.

12038553_840697362718542_6914129416360783208_n
A hora da largada.

Só por largar e estarem ali, eles poderiam ser considerados dois vencedores. Mas como diz a música de Brooks, os dois não poderiam “tolerar ficar fora do fogo” e eles foram até o final.

Cruzaram a linha de chegada com o tempo 27 minutos e 36 segundos, 10 minutos a mais que o primeiro colocado, que completou a prova em 17 minutos e 50 segundos. Motivos de sobra para comemorar e para servir de exemplo.

12036896_840697902718488_7359465011198559006_n
A emoção da chegada

“Foi uma emoção em dose dupla. Ficamos felizes também porque estamos incentivando. É uma satisfação própria. Ele nunca participou. Ele sofreu um acidente de moto há quase 10 anos, então nunca participou de algo parecido. Foi muito gratificante porque a gente sempre andava junto. É que nem irmão o relacionamento que eu tenho com ele. De todas as provas que participei, esta foi a mais emocionante”, garantiu Cleiton.

Já Rodrigo não tinha muitas palavras para descrever a sensação de participar da prova. “Foi maravilhoso estar participando. Foi adrenalina, emoção muito grande”, explicou ele.

A dupla garante que esta foi a primeira de muitas parcerias na pista. Como diria a canção de Brooks: “querendo voar, alto e mais alto, não posso tolerar ficar fora do fogo”.

12033795_840066109448334_1992730118_n
As Mulheres na Pista tiveram o prazer de encontrar esses dois heróis após a prova.

 

A pedido do autor aqui vai o clipe de “Standing Outside de Fire”:

Fernanda Lüttke

One thought on “Leitor na Pista: Cleiton Luiz Tamazzia e Rodrigo Tamazzia

  1. Queríamos ter mais palavras, mas vocês usaram todas e de forma muito clara.

    Show, parabéns meninas e parabéns a nova dupla que se formou com o Cleiton e o Rodrigo

    Desafio Running (July-Junior)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *